Réplica de um antigo sismógrafo chinês da Dinastia HAN (25-220 d. C.). Fotografia tirada em uma exposição do  Chabot Space & Science Center, de Oakland, na Califórnia.

Em 132 d.C., após vários sismos terem ocorrido na china, o astrónomo Zhang Heng inventou este instrumento para avisar o povo do próximo abalo. Quando a terra tremia, um pêndulo movia-se no interior da jarra. O pêndulo accionava uma alavanca que levava a abrir-se a boca de um dos dragões que se vêem na imagem.  Uma esfera rolava então para o exterior indo cair na boca do sapo correspondente ao dragão, fazendo soar um alarme. A boca aberta do dragão apontava na direcção do abalo. A informação era transmitida ao, imperador.

Atribuição: Por en:user: Kowloonese (en:File:EastHanSeismograph.JPG) [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) undefined CC-BY-SA-3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/)], undefined