Precariedade na Investigação Científica

 

Um Obstáculo ao Progresso Científico e Humano

Por uma Campanha Mundial e um Dia Mundial em 2019

Muitas organizações de cientistas em todo o mundo estão a mobilizar-se contra o aumento da precariedade e o declínio da qualidade da investigação científica e técnica. Muitas delas participaram, sob diversas formas, no primeiro Dia Mundial contra a precariedade organizado a 15 de Março de 2017[*]. As expressões contra a precariedade estiveram também presentes durante a Marcha pela Ciência a 22 de Abril de 2017.

A precariedade dos investigadores continua a crescer, e, como resultado:

  • as condições de vida e de trabalho estão a tornar-se mais difíceis;
  • os contratos de trabalho por tempo determinado estão a generalizar-se, levando à constante procura de emprego;
  • o futuro profissional para muitos cientistas é cada vez mais incerto;

Simultaneamente, a qualidade e o conteúdo da investigação são afectados:

  • os resultados a curto prazo têm primazia sobre os projectos a longo prazo;
  • muitas temáticas importantes são abandonadas, em particular na investigação fundamental;
  • a experiência adquirida perde-se devido à mudança contínua de linha de investigação;
  • rentabilidade e competitividade são os critérios dominantes;
  • a gestão privada está a generalizar-se, reduzindo a liberdade académica;
  • a investigação pública está a ser posta em causa.

Propomo-nos agir em conjunto para reverter essa tendência por forma a:

  • obter emprego estável para investigadores, professores, engenheiros, técnicos, prototipistas, e jovens graduados ― mulheres e homens;
  • orientar a actividade científica e técnica no sentido do livre procura do conhecimento e da sua ampla difusão, para dar resposta às necessidades da humanidade e aos desafios que enfrenta; para alcançar a paz e a democracia; erradicar a fome e a doença; e travar o aquecimento global.

Reconhecemos na Recomendação sobre a Ciência e os Investigadores Científicos, revista pela UNESCO em 13 de Novembro de 2017, um ponto de apoio para o desenvolvimento da ciência como bem comum, e para a importância de ter em conta e garantir condições materiais e morais estáveis para todo o pessoal científico.

***

Eis porque nos propomos participar em 2019 num Dia Mundial pela Ciência e, à volta dele, promover uma campanha global com acções e iniciativas, que levem, em cada país, cientistas e outros trabalhadores científicos a reunir e mobilizar-se, alertando a opinião pública e levando propostas e reivindicações até aos órgãos de poder.

Decidimos trabalhar em conjunto com todas as organizações de trabalhadores científicos, que o desejem, sejam elas de carácter sindical ou profissional, para formar delegações representativas de todas as partes, junto da UNESCO, outras organizações das Nações Unidas, instituições regionais e governos, cada uma definindo livremente o seu próprio modo de participação.

Junte-se a este apelo através do site http://insecure-science.org/?lang=en, com testemunhos e propostas.

  • O objetivo é estabelecer, dentro da variedade de situações, a realidade do problema, a realidade do seu carácter global.
  • Por esta via, ilustrar o impacto da precariedade na qualidade da investigação.
  • Este é um apelo para abrir caminho a uma nova política para a Ciência.
  • Por último, é necessário propor objectivos de acção, união alargada e organização para preparar o Dia Mundial.

[*] O Dia Mundial de 2017 foi proposto pela Federação Mundial dos Trabalhadores Científicos.

1 Trackback / Pingback

  1. Precariousness in Scientific Research – OTC

Comments are closed.